1991

Prefeitura Municipal de Barra dos Coqueiros

Pular para o conteúdo

PREFEITURA DE BARRA LEVA INFORMAÇÃO SOBRE O 18 DE MAIO A POPULAÇÃO DO QUILOMBO PONTAL DA BARRA

Fonte: Secretaria Municipal de Assistência Social
19/05/2022 às 08h43

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Realizar ações que levem informação aos barracoqueirenses é uma das prioridades da Prefeitura de Barra dos Coqueiros. Por isso, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, por meio do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) e do Departamento de Igualdade Racial (DEPIR), realizou na quarta-feira, 18, uma palestra com crianças e adultos da comunidade do Quilombo Pontal da Barra. Tendo como tema o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Aproximadamente 30 adultos e 40 crianças participaram das atividades na Associação Quilombo Remanescente Pontal da Barra. Com os menores o tema foi abordado de forma lúdica, através de música, pintura e de uma ilustração sobre o sinal de trânsito, além de paródias educativas. Essa ação foi realizada pela coordenadora do CREAS na Barra dos Coqueiros e sua equipe.

Enquanto isso do lado de fora a advogada do CREAS, a assistente Social e a psicóloga falavam sobre o tema com pais e mães em toda de conversa. Abordavam a Campanha “Faça Bonito” - Proteja nossas crianças e adolescentes. “O intuito foi levar para essa comunidade quilombola informações a cerca da campanha e como proteger nossas crianças e adolescentes. Faça Bonito! Protejam nossas crianças e adolescentes”, explicou a Coordenadora do CREAS de Barra.

Participaram da ação também o atendente do DEPIR e mais 18 pessoas do CREAS e do DEPIR. Após a palestra algumas mães fizeram questionamentos e deram depoimentos. Uma delas foi a autônoma Ângela Trindade. “Muito importante falar sobre este tema. Esse trabalho que vocês realizam é bonito, porque abre nossos olhos para que possamos conversar mais e cuidar das nossas crianças”, disse Ângela.

O objetivo dessa e de outras ações, que são realizadas de forma contínua, é o de conscientizar e alertar a sociedade sobre a urgência de combater esse crime. E caso viva ou conheça alguém que sofre essa violência ligue para o número 100, denucie. A ligação é anônima.

Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação